Menu

Cadeira de Espaguete

Por onde andam essas cadeiras que enchiam de descanso nossas tardes de verão?  Eram simples, confortáveis, fáceis de limpar e o que era melhor, muito baratas.

Depois de um dia de trabalhos caseiros lembro de minha mãe descansando e conversando com as vizinhas, sentadas nessas cadeiras. Eram finais de tarde deliciosos.
Enquanto nos brincávamos pelo quintal, elas tricotavam assunto que iam de receitas ao cotidiano de suas vidas. Era uma vidinha 3 x 4 que hoje percebo como eram felizes, sem grandes ambições, mas sorvendo cada momento conquistado em seus afazeres diários, como a costura de um novo vestido, ou mesmo, uma nova receita de bolo.

Hoje em dia encontramos uma re-leitura dessa cadeira de espaguete, como a Poltrona Tropicália de Patricia Urquiola, apresentanda no Salão do Móvel de Milão 2008.

9 comentários
  1. augusto ferreira
  2. Rodeslir Nunes de Souza souza

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *