Menu

Almofada com Transfer

Comprei esse tecido em algodão floral lindo, sem saber exatamente o que fazer com ele.
Esses dias ví uma imagem de um cartão postal, do início do século, e em português. O que estava escrito era de uma singeleza incrível. Então resolvi fazer uma almofada.

Não sou lá essas coisas como costureira, me limito a pregar botões e fazer bainha em calça. Mas como sou metida…e como sou! Lá fui eu para a máquina de costura me aventurar.
Foi muito fácil de fazer, qualquer pessoa que saiba usar a máquina de costura consegue.

 

Abaixo eu compartilho o passo a passo do meu trabalho com você:

 

Materiais usados. A linha para pespontar acabei trocando por uma uma marrom de quilt. Mas você pode usar essa rosa de 6 fios e pespontar com a mão, também fica muito lindo.

 

Imprima a imagem em papel transfer (sempre tem que estar no modo espelhado). Recorte a imagem.
Faça o download da imagem aqui (já esta em modo espelhado).

Coloque o papel impresso sobre o linho (não pode ser tecido sintético).
Passe com o ferro quente, sem vapor, sobre o papel
Pressione bem enquanto estiver passando.
Retire uma pontinha do papel para ver se já colou Se não colou, volte a passar novamente.
Depois de 2 dias, se você desejar, já pode lavar.

Corte os tecidos nas medidas:
Linho 20cm x 18cm (no meu eu cortei muito mais, mas não tem necessidade);
Algodão floral: 50cm x 50cm.
Dobre o tecido floral ao meio e exatamente no meio de uma das partes, pregue, com alfinetes, o linho.
Faça costuras com a máquina, no ponto maior e em volta de todo o desenho. Costure várias vezes e de forma bem irregular. Se você optar pela linha de seis fios, faça com a mão apenas uma fileira de pespontos. Veja aqui como pode ficar.
Como eu cortei muito mais do que as medidas necessárias, acabei tendo que cortar uma boa parte. Mas se você fizer na medida exata, não vai haver a necessidade de cortar.
Desfie o linho até a costura.
Pregue o zíper e costure os lados da almofada. Compre um enchimento de almofada e coloque pela abertura do zíper.

Ainda não defini bem onde ela vai ficar, mas achei uma gracinha. E você o que achou?

 

 

10 comentários
  1. Débora

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *