Menu

Pão integral de batata doce e cará

batata doce e cará

Minha mãe sempre falava em pão de cará com batata doce, mas nunca fez para nós. Talvez por não ter encontrado cará facilmente em nossa cidade. Nunca lembro, também, de ter comido esse tubérculo. Há alguns dias, encontrei o tal do cará no supermercado, olhei para ele, ele olhou para mim…oh bichinho feio! Resolvi comprar e fazer a mesma receita do pão de aipim que sempre faço, substituindo por batata doce e cará. Fiz algumas alterações na receita original e, no final, ficou um pão delicioso e lindo, veja nas fotos, pura tentação!

Propriedades nutritivas:

cara

Cará

Contém uma grande quantidade de vitaminas do Complexo B – B1, B2 , B5, B6  e é rico em fibras solúveis. Os nutrientes encontrados no cará fortificam os nervos, estimulam o apetite, o crescimento e ainda auxilia no processo digestivo.

batata doce e cará

Batata Doce

É rica em fibras, fonte de ferro, vitaminas E, A e C e potássio. O tubérculo possui cinco vezes mais cálcio, o dobro de fibras e mais potássio que a batata-inglesa.

 

Ingredientes para o fermento:

  • 4 colheres (sopa) fermento biológico (2 pacotes de 10g)
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1 copo de leite morno (não pode ser muito quente para não matar o fermento)
  • 1 xícara de farinha de trigo

Modo de fazer o fermento:

Misture todos os ingredientes em uma bacia pequena. Cubra com um papel alumínio ou toalha e deixe crescer até formar uma esponja. Esse processo é rápido, de 5 a 10 minutos.

pao-batata-doce-cara

Ingredientes para a massa:

  • 300 g de batata doce cozida e descascada
  • 300 g de cará cozido cozido e descascado
  • 1/2 copo de leite em temperatura ambiente
  • 3 ovos
  • 3/4 de xícara de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 4 colheres (sopa) óleo
  • 3 colheres (sopa) manteiga derretida
  • 300g de farinha de trigo integral
  • 300 g de farinha de trigo
  • Gergelim ou aveia em flocos grossos

Modo de fazer a massa:

  1. Amasse a batata doce e o cará com um garfo ou passe em um processador com os outros ingredientes – menos a farinha e o fermento.
  2. Coloque essa mistura em uma bacia grande e junte o fermento e as farinhas. Guarde um punhado das farinhas para ajudar na hora de amassar o pão.
  3. Amasse bem o pão. A massa fica grudenta, mas vá colocando o mínimo possível de farinha para poder trabalhar. Essa massa deve ficar um pouco mais mole do que um pão normal, por que a farinha integral incha mais.
  4. Corte a massa em 4 partes e coloque cada parte em uma forma de pão, untada com óleo e um pouco de farinha.
  5. Tampe-os e deixe-os crescerem em um local abafado ou que não tenha corrente de ar. Leva, em média, uma hora para crescerem ou até dobrarem de tamanho, mas isso depende muito do clima.
  6. Aqueça o forno por uns 15 minutos na temperatura máxima.
  7. Pincele os pães com uma mistura de 1 gema e 1 colher (sopa) de água e salpique gergelim ou aveia grossa por cima.
  8. Abaixe o forno para 150º e coloque os pães.
  9. Assim que perceber que estão bem dourados, retire-os do forno (+ ou – 30 minutos).

 

4 comentários
  1. denise eing
  2. Cintia Arena

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *