Menu

Laranja kinkan: da história de infância à receita da compota

laranja kinkan

Quando criança, eu era uma boa filha e uma excelente aluna, mas não era daquelas princesinhas que se vestiam de rosa e faziam balé. Eu era moleque, vivia de chinelo de dedo, short e blusinha. Gostava das brincadeiras dos meninos; afinal, brincar de boneca era muito sem graça para mim. Até possuía algumas bonecas que acabei cortando os cabelos e pintando as sobrancelhas com caneta. Mas meu brinquedo preferido era bicicleta…ahh minha Monareta vermelha, que saudades!

Uma das molecagens que eu e meus amigos adorávamos fazer era entrar no pomar da vizinha, Dona Benigna, para roubar pegar laranjinhas kinkan. Ela sabia que nós fazíamos isso, as não se importava.

laranja kinkan

No dia do meu aniversário, ela me trouxe, de presente, uma caixinha de lenços em forma de flor (fiquei encantada com a dobradura) e um vidro de compota de laranja kinkan. São delicadezas assim que guardo como exemplo de boa convivência no meu coração.

Saí muito nova da minha cidade e nunca mais encontrei Dona Benigna. Se soubesse que esse sentimento iria me seguir, teria pedido a ela a receita da compota de laranja kinkan..

laranja kinkan

Esta receita eu peguei na internet para testar e ficou deliciosa.

Ingredientes:

  • 1 kg de laranjas kinkan
  • 500gr de açúcar cristal (se você quiser pode fazer mais doce)

Modo de fazer:

Coloque as laranjinhas em um recipiente de alumínio, respingue álcool e, com muito cuidado, ateie fogo, deixando queimar até apagar. Lave-as bem e deixe-as de molho em água por 4 horas. Descarte a água e faça, com um palito, um furo no sentido longitudinal de cada laranja. Cubra novamente com água e ferva até que estejam macias. Certa de 1/2 hora. Escorra a água novamente.

Distribua metade do açúcar no fundo de uma panela de pressão, coloque as kinkans e cubra com o açúcar restante. Tampe e deixe cozinhar em fogo baixo até começar a apitar. Desligue o fogo e reserve na panela tampada até o dia seguinte.

Transfira para uma compoteira e sirva em temperatura ambiente ou gelada.

 

Um comentário
  1. Soraia

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *