Menu

Como fazer pão caseiro: dicas para não errar

Uma corretora de imóveis nos Estado Unidos pediu para que o dono da casa assasse pão quando ele fosse mostrar a casa para um comprador. O cheiro invadindo os ambientes faz com que o comprador já se sinta em casa ao visitá-la e, assim, queira comprá-la.

Afinal, quem não gosta de um pão caseiro e do cheirinho dele assando no forno? Impossível não gostar.

Acredito que você já deve ter dito: “Ninguém faz pão como minha mãe fazia ou minha vó ou minha tia”. Sempre alguém na família é, ou era, especialista em pão caseiro. Na minha família tenho uma prima, a Teresinha. Sempre que ela vem na minha casa, peço para ela fazer pães para nós. Veja aqui a receita do pão delicioso que ela faz.

Às vezes eu acerto, outras não. Assim, minha irmã Iolete, que também é especialista em pães, me disse algo muito simples que me ajudou muito: “É fazendo que se aprende a fazer pão”. E é verdade, conforme você vai fazendo, vai se aprimorando e criando gosto pela coisa. Sovar a massa do pão que você vai comer é algo divino.

Muitas assinantes do blog me relataram problemas quando fazem pão. Então fiz a lista dos mais pedidos e as suas possíveis soluções.

Por que minha massa não está crescendo?

  • Verificar se a quantidade de fermento está correta.
  • Observar a data de validade do fermento.
  • Temperaturas muito baixas no ambiente retardam o seu crescimento.
  • Ter o cuidado de não colocar o sal junto ao fermento e nem em excesso.
  • Por que meu pão fica muito ressecado ou esfarelado?
  • Diminuir a quantidade de farinha.
  • Reduzir o tempo de cozimento.
  • Sovar bastante a massa para o glúten não ter tempo para se formar. Isso é muito importante sempre.
  • Aumentar a quantidade de gordura se estiver ressecado, ou diminuir se estiver esfarelado.
  • Evitar fermentação excessiva.
  • Aumentar a quantidade de açúcar.

Por que o pão fica com forte odor de fermento?

  • Preferir o fermento granulado ao fresco.
  • Verificar se há excesso de fermento.
  • Deixar a massa descansar por mais tempo.
  • Verificar a data de validade do fermento.

Por que meu pão fica sempre muito duro?

  • Fazer o pão quando o tempo estiver mais quente. A massa cresce com mais qualidade.
  • Coloque os líquidos sem devagar, se colocar tudo de uma vez a massa perde o ponto e fica mole. E se colocar mais farinha para consertar ela irá ficar dura.
  • Amassar o pão até obter uma massa elástica.
  • Não colocar muita farinha, pois pode anular o efeito do fermento.
  • Ter o cuidado de não colocar o sal junto ao fermento e nem em excesso.
Dicas:
  • Use ingredientes em temperatura ambiente.
  • Quando for pedido água quente ou leite quente, coloque quase frio, pois, se estiver muito quente, poderá anular o efeito do fermento.
  • Procure usar a farinha na medida certa da receita e vá acrescentando aos poucos o mínimo necessário para amassar o pão. No começo, a massa irá grudar nas mãos, mas, conforme você for amassando, ela vai se desgrudando e ficará macia, lisinha e elástica.
  • Quanto mais amassar o pão melhor. Uma ótima forma para fortalecer os braços.
  • Não faça seu pão com pressa, ele precisa de tempo e paciência para crescer.
  • Sempre que possível coloque outros grãos na massa, como quinoa, aveia em flocos, amêndoas, castanhas, para enriquecer seu pão.
  • Se fizer muitos pães, deixe esfriar bem e congele alguns. Tire do congelador um pouco antes de comer, ele vai estar fresquinho como se acabasse de ser feito.

  • Quando a temperatura do ambiente estiver muito fria, o pão custará a crescer. Mais uma dica: depois que você colocar a massa na forma para crescer, coloque cada forma dentro de um saco plástico. Feche-o bem e acomode-o em um ambiente fechado. Pode ser o forno desligado.

Veja algumas receitas de pão caseiro:

Fontes: Dona Benta ProfissionalReceitas Dmais. Fotos: Pinterest

 

Clique aqui para obter o livro de Receitas da Léia.
É gratuito.

 

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *