Meu sonho

Depois de muita chuva e frio, hoje amanheceu um dia de sol, lindo e quente. Marido no volante, lá fomos nós a 1.200m de altitude, na serra catarinense. Saindo do asfalto, seguimos por uma subida íngreme, que nos levou a algo grandioso e árido, onde só se ouvia o barulho do vento e se sentia o cheiro da solidão. As únicas almas vivas éramos nós.

Em tempos ruins, quando eu precisava fugir mentalmente, era para esta chapada que eu ia, mas nunca tinha ido até lá, sempre a via lá de baixo.

E não tive dúvidas, sai correndo e pulando, como nos meus sonhos, louca, livre e feliz!

Este post tem 5 comentários

  1. Izabela

    Adorei isso! Parece foto de adolescente. iuahuhauihauh

  2. Anônimo

    Gostei da expressão barulho do vento e cheiro de solidão! AH ! sonhos loucos livre e feliz também!
    É possível ser feliz com tão pouca coisa, mas é necessária uma grande observação nas "pequenas" porém, imensas maravilhas ao nosso dispor!

    Vamos aproveitar! Parabéns Léia você FAZ! Isabela V.

  3. Mauricio

    Curta bastante a Santa e Bela Catarina, que é maravilhosa nas quatro estações do ano.
    Um abração do Maujor

  4. Anônimo

    Nossaaaa….que gostoso. Sensações assim que devemos procurar no dia a dia também. Que maravilhoso sentir a natureza. Parabéns por tua sensibilidade!!!!!! Beijossssssss, Sonia.

Deixe uma resposta