Menu

Feliz Dia das Minhas Crianças

Pouso

Pela fralda derreada da camisa,
Puxa-me para baixo, obstinado, o meu menino.
Resisto, ensimesmado como uma pandorga ao vento,
E, por fim, caio em espiral até pousar suave nos seus braços.
– Melhor que voar é o teu abraço!

(A. Cunha)
2 comentários

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *