Receita de carne assada ou carne de panela

receita de carne assada

Qual a comida que você mais gosta? Essa foi uma pergunta que fizeram a um grupo de chefs famosos. Todos eles, sem exceção, disseram que era aquele picadinho que a avó cozinhava, ou aquele peixe assado que só a mãe sabia fazer. Mesmo acostumados a novos sabores e a comidas super elaboradas, assim que foram perguntados ativaram a ala dos desejos do cérebro onde habitam as lembranças das delícias domésticas de sua infância. 

É exatamente o sabor dessa receita de carne assada, ou carne de panela, como minha mãe falava, que ativa essa ala do meu cérebro. Esse era o prato principal nos nossos almoços de domingo, sempre acompanhado de uma bela macarronada caseira, maionese e salada de alface. Para beber, suco de limão, daqueles amarelos caipiras que todos tinham em um pé plantado atrás de casa. Ou, então, minha mãe mandava comprar um refrigerante de cereja, que nós chamávamos de gasosa.

Ingredientes:

  • 1 tatu de 1,5kg (lagarto)
  • 2 cebolas fatiadas
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 colher de chá de páprica defumada (opcional)
  • 1 colher de cominho moído
  • 1/2 copo de vinho (pode ser branco ou tinto)
  • 1 copo de água
  • 6 folhinhas de alecrim (opcional)
  • 1 colher de sopa de tomilho (opcional)
  • 2 folhas de louro
  • Sal e pimenta a gosto
  • 3 colheres de óleo

Modo de fazer:

  1. Tempere a carne um dia antes com todos os temperos, menos o óleo.
  2. Guarde em um recipiente fechado e deixe na geladeira.
  3. No dia seguinte, em uma panela de alumínio, coloque o óleo para esquentar.
  4. Ferva um litro de água e reserve.
  5. Tire todos os temperos grudados na carne e coloque-a para selar no óleo quente. Faça isso em todos lados.
  6. Quando perceber que as bordas da panela estão queimando, derrame um pouco do líquido em que a carne foi temperada. Só um pouco do líquido, sem os temperos.
  7. Com uma colher, raspe as bordas da panela para as crostas se dissolverem no líquido. Faça isso todas as vezes que sentir que está queimando as bordas da panela. Esse processo é bem demorado, mas é essencial para dar sabor a carne.
  8. Assim que ela estiver bem escura, tire a carne da panela e reserve-a.
  9. Na mesma panela, coloque todos os temperos e deixe-os cozinhar por um tempo.
  10. Assim que estiverem cozidos, coloque novamente a carne e despeje 1/2 litro de água. Mexa bem.
  11. Feche a panela e deixe cozinhar por cerca de 3 horas, até ela se despedaçar com um garfo.
  12. Se preferir, pode transferir para uma panela de pressão por 1 1/2 hora, mas abra a cada 20 minutos, para verificar a água. Vá acrescentando água quando sentir que está secando.
  13. Se quiser, no final, pode cozinhar batatas ou cenouras em pedaços grandes, junto com a carne. 
carne assada de panela
Dica:

Esta receita tem que ser feita em uma panela de alumínio, de preferência grossa, para que ela obtenha essa cor dourada. Na panela de teflon até dá para fazer, mas não vai ficar com um douradinho tão bonito.

Este post tem 8 comentários

  1. Silvana

    Ai que vontade que deu . Muito bem explicado ! Adorei !

  2. Sandra

    Que delícia, Léia! Comida de domingo com a família reunida, que lembrança boa! Trem bom, como os mineiros dizem kkk. O frio apertou por aqui, época da canjiquinha com costelinha,tutu à mineira, tropeiro, frango com quiabo e angu…Estou na correria e quase não comento, mas sempre te acompanho.
    Bjs.
    Sandra

    1. Nossa comida mineira é tudo de bom, Sempre digo que nasci no estado errado, devia ser mineira, gosto de tudo daí, da comida ao sotaque. Tens receitas pra me enviar destas comidas?

      bjsss

      1. Sandra

        Vou ver aqui com as entendidas no assunto (eu só sei comer kkk) e te mando sim! Alguma em especial?
        Bjs

  3. Roselene Vanzerlla

    Minha boca encheu de saliva! Deu vontade de ir na tua casa pra almoçar!
    Bjs. e muito obrigada por publicar receita tão saborosa.

Deixe um comentário