Estrogonofe de carne

Quem viveu nos anos 70 lembra da novidade que era o Estrogonofe de carne. Não havia um jantar chique em que não fosse servido estrogonofe. Às vezes de carne, ou de frango e até de camarão. Depois ele caiu no desuso, passou a ficar cafona (como se sabor tivesse moda). O fato é que a delícia do estrogonofe conversa com a saudade e é bom demais para ser ignorado. Então, vamos deixar para o nosso paladar a palavra final.

Estrogonofe de carne

Engorda? Engorda, sim. É calórico? Extremamente. No entanto, não é um prato para se comer todos os dias; além disso, se é pra engordar, que seja com comida boa e não com pão de trigo e margarina.

Ingredientes

  • 1 kg de filé mignon em tirinhas
  • 2 cebolas picadas
  • 3 dentes de alho amassados
  • 2 xícaras de chá de nata ou creme de leite fresco
  • 1 xícara de chá de leite integral (use somente se for usar nata)
  • 3 colheres de sopa de extrato de tomate
  • 300 g de cogumelos-de-paris
  • 3 colheres de sopa de ketchup
  • 3 colheres de sopa de molho inglês
  • 3 colheres de sopa de conhaque
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Modo de fazer o estrogonofe de carne

  1. Com a ajuda de um papel toalha, limpe os cogumelos, tire um pouco do caule e corte ao meio. Reserve.
  2. Pique as cebolas e amasse os alhos. 
  3. Leve ao fogo médio uma panela grande de alumínio ou inox. As de teflon não vão dar o queimadinho necessário para esse preparo.
  4. Quando aquecer, regue com uma colher de sopa de azeite e doure os pedacinhos de carne, um pouco de cada vez. Vá transferindo toda a carne para uma tigela até todos os pedacinhos de carne estarem dourados. Reserve.
  5. Na mesma panela, adicione mais uma colher de sopa de azeite e refogue as cebolas até ficarem transparentes, raspando bem o fundo da panela. Acrescente um pouco de sal para acelerar esse processo.
  6. Junte o alho por um minuto, até perfumar.
  7. Acrescente o extrato de tomate, o ketchup e mexa bem.
  8. Volte a carne à panela.
  9. Adicione o molho inglês e o conhaque. Espere um minuto para o conhaque evaporar.
  10. Junte os cogumelos e misture. 
  11. Em um recipiente, misture bem a nata com o leite e junte-os aos outros ingredientes na panela. Se for usar creme de leite fresco, não precisa misturar com leite.
  12. Tempere com sal, se necessário, e pimenta-do-reino a gosto.
  13. Cozinhe por uns 15 minutos em fogo baixo, até o molho engrossar, mexendo de vez em quando para não grudar.
  14. Desligue o fogo e sirva a seguir.
  15. Acompanha arroz branco e batata palha (comprei, por engano, batata palha de mandioquinha e achei uma delícia).

Visite meu Instagram: @coisasdaleia

Este post tem um comentário

  1. Boa tarde Leia. É um prazer receber seus emails. Não existe desuso p uma receita maravilhosa como essa. Obrigada por resgatar o amado estrogonofe de carne.

Deixe um comentário