Menu

Bons e velhos vizinhos

Esses dias escutei uma senhora, toda orgulhosa, dizendo não saber nem o nome dos vizinhos, como se isto fosse uma grande virtude.

Fiquei pensando nos vizinhos lá de Urussanga, como Dona Ana, vizinha de minha mãe. Uma gaúcha com voz grossa e muito moderna para época, mas muito prestativa; e fiquei pensando também na relação de minha mãe com suas vizinhas. Qualquer bolinho era pretexto para levar um pedaço à vizinha e puxar uma conversa com ela.

Lembro também dos finais de tarde de verão, depois de jogar água na calçada e molhar as plantas do jardim, ela sentava na varanda para se refrescar e dizia aos que passavam – bom dia vizinho, – bom dia vizinha, respondiam. Muitos paravam para puxar papo. E assim iam levando a vidinha de interior, trabalhando em suas casas durante o dia, para no final de tarde ir na casa do vizinho ou recebê-lo para tomar um simples cafezinho.

Lembrei também de Dona Marta, uma italiana, daquelas mamas, que sempre que fazia minestra (sopa de feijão) e mandava me chamar porque sabia que eu adorava. E Dona Benigna, então, que de tanto fazer de conta que não percebia que eu roubava seus limãozinhos japones, me levou compotadas feitas dessa mesma fruta, de presente.

Essas gentilezas que possuíamos, eram tesouros que guardo com todo carinho no meu coração.

Hoje moro em Florianópolis e tenho uma vizinha que se chama Lúcia, uma mulher de raízes muito humildes e dignas, uma mulher elegante, linda e sábia que conserva em suas raízes a simplicidade dos pequenos gestos, como este vaso de hortênsias (foto) que ela mesma colheu do jardim para enfeitar a minha casa. Faz isto constantemente.

Todas as vezes que ela chega na minha casa, paro tudo o que estou fazendo, vou fazer um cafezinho para nós e ficamos, as duas, falando por algum tempo sobre a vida, os filhos e o trabalho, com toda gentileza e hospitalidade como convém a velhos e bons vizinhos!

O vaso da foto comprei no 1,99. Lindo, não?
13 comentários
  1. Bel
  2. Ilka Maria
  3. Anônimo

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *