Canjica doce ou munguzá

    canjica doce munguzá

    Se tem uma sobremesa que me acabo comendo é a tal da canjica doce. Aqui no Sul, não temos o hábito de comer canjica nas festas juninas, comemos na época da Páscoa.

    Minha mãe sempre fazia para nós, mas eu nunca tinha feito porque era muito demorada e não sabia o ponto do cozimento da canjica. Foi, então, que apareceram, nos supermercados, as canjicas cozidas a vapor, prensadas a vácuo e os cocos ralados e congelados.

    Nossa! Facilitou minha vida e acabou com todas as minhas tentativas de dieta. Num instantinho esta delícia está pronta.

    Ingredientes

    • Serve: 6 porções
    • Cozimento: 20 min
    • Total: 20 min

    Modo de fazer

    1. Se cobrar a canjica cozida pronta, faça furos no pacote para soltar bem os grãos antes de abrir o pacote.
    2. Em uma panela, despeje a canjica, o leite condensado, o coco, o leite de coco, o leite e coloque para ferver (separe 1/2 xícara do leite frio para dissolver o amido de milho).
    3. Quando essa mistura anterior começar a ferver, despeje sobre ela o amido de milho dissolvido no leite e ferva por mais 3 minutos, mexendo sempre.
    4. Despeje a canjica em um recipiente de vidro temperado fundo.
    5. Grude um plástico na superfície da canjica para não criar crosta e deixe esfriar antes de levar à geladeira.
    6. Sirva gelado. Se desejar, salpique canela em pó na hora de servir.

    canjica doce munguzá

    Deixe um comentário

    Avalie essa receita